Translate my Blog

quinta-feira, 21 de maio de 2009

VENEZA, O CARNAVAL - 5º E ÚLTIMO DIA

21 Fevereiro
4ª Feira


Às 15.35 horas, vêm buscar-nos para o aeroporto.
Depois de tudo arrumado, saímos para ir, de novo, ao Gueto que, afinal, é tão perto do hotel (…) e ao
Campo dei Mori e à casa onde nasceu Tintoretto.












Atravessámos a Ponte Scalzi, depois a Ponte Giuglie e a bonita ponte de ferro até Gueto Nuovo. Seguimos em direcção a Madonna dell’Orto, com um campanille com uma cúpula em forma de bolbo. Dedicada a São Cristóvão, possui muitas obras de Tintoretto, que era paroquiano desta igreja.


Madona Dell'Orto





O Campo dei Mori é um largo com três toscas figuras de mouros, que seriam três irmãos (Mastelli) que teriam vindo do Peloponeso, negociantes de seda, que se refugiaram em Veneza em 1112 e construíram o Palazzo Mastelli.

Campo dei Mori






Virando a esquina para Fondamenta dei Mori, junto ao Canal, está a casa onde viveu Tintoretto com a família.
Casa de Tintoretto


Entre Ferrovia e San Marco

Atravessámos o Sestiere do Castelo, uma grande caminhada, até San Marco, hoje bem calma, com o chão molhado pela “chuvinha molha tolos” que nos surpreendeu esta manhã mas que, felizmente, foi só para assustar e obrigar a trazer o guarda-chuva do hotel.

San Marco

Fotografei Santa Maria della Salute, do lado de lá do Canal, sob a neblina.
Almoçámos em Rialto.



Santa Maria della Salute


De regresso ao “Antiche Figure”, atravessámos Rialto, fizemos mais fotografias do Canal e parámos em frente à Igreja San Giacomo de Rialto, para fotografar o curioso relógio de um só ponteiro que, diz-se, não é muito pontual (…). Foi instalado em 1410.





Relógio da Igreja San Giacomo de Rialto

Todas as praças de Veneza (Campo) têm um poço. Já os apreciava desde as aventuras de Corto Maltese… e fotografei os mais bonitos.





O encanto especial de Veneza, não se esgotou. Não se esgotará nunca.

Até outro dia, Veneza!

Fim.

5 comentários:

maria disse...

Que bons companheiros de viagem!

Com as vossas fotos e narração consegui recordar uma viagem feita,há tantos anos...

Até à próxima !

Olinda

Romicas disse...

Também espero voltar.
Até porque depois de vos seguir nesta viagem, noto que me escapo muita coisa.
Mas foi muito bom recordar convosco.
Um beijinho para os dois

Romicas

celeste maria disse...

Como sempre,tudo tem um fim.
Um final feliz neste filme!
A observação tão pormenorizada é de artistas!

Quando lá fomos ainda andámos de gôndula com violinista e cantor.
Muito romântico...

E agora?
Aguardemos.

Maria Julia disse...

Tudo tão Belo Alf e Daisy!
Até história que, vocês tao bem sabem que nao gosto, adorei! Claro que esta é história de Arte, e dessa sempre gostei!!! Aoutra das gentes...Quem se enamorou, por quem, quem matou por ciumes de quem, quem era o primo do rei da Dinastia de um qualquer???
Beijokitas. Parabéns, por mais estas.
Juju.

carlos costa freire disse...

Só há mom soube deste teu maravilhoso blog,por quem.É segredo até amanhã.
Meu caro Alfredo e Daisy até parece que estou zangado nunca mais apitei.
Alfredo como te disse queria ver as vossas fotos e estive a vê-las atentamente QUE MARAVILHA,obr por nos dares este gosto de ver coisas tão giras.
Que maravlhosa viagem que fizeram depois conversamos
Abraços do vosso amigo
Carlos e Ana